Skip to content

Descubra como fazer a Contabilidade para MEI sem cair em armadilhas

Como sabemos, o MEI se tornou uma excelente forma de muitos profissionais saírem da informalidade no Brasil.

Segundo dados do Portal do Empreendedor, já são mais de 9 milhões de Microempreendedores cadastrados, realizando algum tipo de atividade econômica.

Por isso, descubra como fazer a Contabilidade para MEI sem cair em armadilhas. Veja mais neste post de hoje!

Descubra como fazer a Contabilidade para MEI sem cair em armadilhas

Saiba que os processos e procedimentos para MEI são mais simples, embora muitos contadores ainda cometam equívocos quanto aos prazos, envio de declaração e outras questões.

Por isso, veja algumas dicas para se fazer a Contabilidade MEI:

  • Relatório mensal de receitas brutas
Até dia 20 de cada mês, é necessário fazer o preenchimento de um relatório para manter o controle sobre o faturamento. Embora esse processo seja bem simples, ele requer cautela.

Esse recurso ajuda, inclusive, na organização na hora de enviar a Declaração Anual Simplificada. Esta que ocorre até 31 de maio de todos os anos.

  • DAS
O Documento de Arrecadação do MEI (DAS) é uma forma simplificada do Microempreendedor realizar o pagamento de impostos do Simples Nacional.

Muitos pequenos empresários abrem o MEI e por falta de conhecimento ou orientação não sabem do pagamento dessa guia. Cabe a você Contador, através da Contabilidade mensal, auxiliar para manter sua regularização.

  • Organização
Manter organizado as contas da empresa e da pessoa física ajuda a simplificar a rotina, auxilia na organização das finanças e separa as contas profissionais das contas pessoais. Porque nesse início esses empreendedores acabam fazendo tudo dentro da empresa, e acabam não se preocupando com esse ponto importante.

  • Atenção com o limite de faturamento
Cuidado para que o empreendedor não ultrapasse o limite do MEI em até 20% do faturamento (R$97.200,00 – Atualizado em 2022). Caso ocorrer o empresário permanecerá a recolher seus impostos como MEI até o final do ano.

Mas no ano seguinte devera efetuar uma alteração para outro tipo jurídico obrigatoriamente e, além disso, pagar multas e juros, referente ao excesso de faturamento.

Este é o principal motivo para ter uma Contabilidade de confiança acompanhando o MEI, pois os impostos não são baixos e podem chegar até 27,5%.

Nesse caso o Contador pode acompanhar o faturamento do MEI, e no tempo correto efetuar essa alteração para não ocorrer problemas.

Possui um cliente que precisa migrar do MEI para outro tipo jurídico? Conheça nossos serviços – Abertura, Alteração ou Cancelamento de Empresas.

  • Número de funcionários
Existe ainda a preocupação sobre o empreendedor ter funcionários. Sim ele pode contar com a ajuda de um funcionário apenas, e caso precise contratar mais pessoas, deverá sair da categoria MEI.

Serviços referentes à contratação de funcionários é outro tema relativamente complexo ao empreendedor sem o auxilio do Contador, por este motivo se você for empresário procure um Contador de confiança para que possa auxiliar nestas necessidades.

Neste outro artigo da Hasa, você pode aprender ainda mais sobre o MEI!

Afinal, o que a Hasa faz?

Todo início no empreendedorismo é complicado e o MEI é a melhor escolha por vários motivos, mas o principal são os custos menores.

Mas haverá a necessidade de crescimento, e com todo o suporte de uma Contabilidade eficiente será muito mais fácil para a empresa crescer sem dificuldades.

E nós da Hasa Documentos estamos aqui para auxiliar os Contadores diretamente… Temos serviços específicos e exclusivos para Contabilidades de qualquer tamanho.

Nós cuidamos da burocracia enquanto o profissional Contábil auxilia o empreendedor na gestão da empresa. Fazemos tudo a respeito da legalização de empresas.

Conheça nossas soluções. Fale com nosso time de especialistas.

Posts Recomendados

plugins premium WordPress

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp